terça-feira, 26 de março de 2013

Como conservar nossos amigos



 
Crescemos ao lado de alguém, convivemos, tornamo-nos amigos inseparáveis.
Então, um dia, motivos profissionais, familiares ou financeiros, nos remetem a outras paragens, muito distantes dos amigos.
Os anos passam, as tarefas se multiplicam, a vida nos envolve com tantas coisas, e o tempo vai se tornando sempre mais curto para os amigos... Tão distantes.
Por isso, algumas dicas podem ser colocadas em prática, a fim de não se perder essa preciosidade que se chama amizade.
Primeiro: marque encontros.
A freqüência com que você poderá fazer isso dependerá de tempo, distância, finanças e muitos outros fatores.
Contudo, se não for possível sempre, procure estar pessoalmente presente ao menos uma vez por ano.
Segundo: invista na empresa de telefonia.
O telefone pode se tornar uma linha viva de comunicação entre amigos que estão longe um do outro.
Hoje, as companhias telefônicas se esmeram em ofertar ao usuário um preço mais acessível que a concorrente.
Aproveite. E pense em sua conta telefônica como um investimento em sua amizade.
Terceiro: use a tecnologia.
Utilize o fax, o computador para enviar mensagens. Mande e.mails, mas não fique copiando e.mails enormes da internet, mensagens de outros.
Não. Escreva você mesmo, com suas palavras. Isso vale muito mais. Seja breve. Se o seu tempo é precioso, o do amigo também é.
Mensagens retiradas da internet são recebidas às dezenas, duplicadas ou triplicadas. Não têm o mesmo valor.
O seu e.mail será único e é isso que importa para a amizade.
Quarto: envie fotos.
Este é um modo excelente do amigo saber como estamos. Faça cópias de fotos suas, em diferentes lugares, em diversas situações e mande, vez ou outra, aos amigos.
Não esqueça de escrever uma notinha no verso. Reconhecer sua letra será sempre emocionante.
Quinto: passem férias juntos.
Encontrem-se em algum lugar, entre as cidades de vocês. Consulte colônia de férias, hotéis, lugares bons e combinem passar uma semana divertindo-se e renovando a amizade.
Coloquem o papo em dia. Recordem bons momentos e produzam outros tantos para recordar, nos dias de separação que tornarão a acontecer.
Sexto: pelo menos diga “oi”.
Se você estiver muito ocupado, atolado em papéis e obrigações, sem tempo para respirar;
Se acha que não tem condições de escrever ou telefonar, mesmo assim separe cinco minutos para escrever num cartão postal “oi, tudo bem?”.
Ou então, apanhe o telefone e pergunte: “tudo bem, aí? Até depois!”
Mantenha as linhas de comunicação abertas.
Sétimo: ore pelos seus amigos.
A oração estabelece linhas de comunicação invisíveis, ao tempo em que, igualmente, estará rogando a proteção dos céus ao amigo que, por vezes, está passando por situação dolorosa.
Ore sempre e com fidelidade. Recomende seus amigos a Deus, aos bons espíritos.
É possível que você não consiga seguir todos esses itens, mas tente, começando ao menos com um deles.
Porque o único meio de conservar um amigo é ser amigo.
Fonte: Livro - Listas para aquecer o coração
foto: freepik

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails