quarta-feira, 28 de março de 2012

O bordado

Quando era pequeno, minha mãe costurava muito. Eu me sentava no chão, perto dela e lhe perguntava o que estava fazendo. Ela me respondia que estava costurando e bordando. Eu observava seu trabalho, de uma posição abaixo de onde ela estava sentada, e sempre lhe perguntava o que estava fazendo, dizendo-lhe que de onde eu olhava, o que ela fazia me parecia muito confuso.
 
Ela sorria, olhava para baixo e gentilmente dizia: "Filho, saia um pouco para brincar e quando terminar meu trabalho eu chamo você e o coloco sentado em meu colo, e deixarei que você veja o trabalho da minha posição".
 
Perguntava-me, de onde eu estava: Por que ela usava alguns fios de cores escuras? Por que me pareciam tão desordenados e embaraçados? Por que estavam cheios de pontas e nós? Por que não tinham ainda uma forma definida e limpa? Por que demorava tanto? Minutos mais tarde, brincando no quintal, escutava-a me chamando : "Filho, venha e sente em meu colo".
 
Eu sentava e me surpreendia ao ver o bordado. Não podia crer. Lá de baixo parecia tão confuso! Então minha mãe me dizia: "Filho, de baixo para cima, parecia confuso e desordenado porque você não via que na parte de cima havia um belo desenho. Mas, agora, olhando-o da minha posição, você sabe o que eu estava fazendo".
 
Muitas vezes, ao longo dos anos tenho olhado para o céu e dito: "Pai, o que estás fazendo?" Ele parece responder: "Estou bordando sua vida." E eu continuo perguntando: "Mas está tudo tão confuso...em desordem. Os fios parecem tão escuros, porque não são mais brilhantes?" O Pai parece dizer-me: "Meu filho, ocupe-se com seu trabalho, descontraia-se, brinque um pouco... e Eu farei o Meu trabalho. Um dia, colocarei você em meu colo e então você vai ver o Plano, da Minha posição."

Desconheço o autor
Ilustração: freepik

4 comentários:

Victor disse...

um detalhe tão sutil se tornou em uma grande lição na vida...realmente Deus parece reagir da mesma forma que uma mãe reage com seus filhos...só q não versão carnal...é incrivel,mas os detalhes na vida,fazem a gente refletir e descobrir o quanto ainda somos grandes desconhecidos de nós mesmos...temos muito o q descobrir...!!!abraço...achei lindo!!!

Van disse...

Olá Felipe,

Bonita história. As tramas e fios incompreensíveis aos nossos olhos e entendimento. Há que se ter confiança sem descuidar da parte que nos cabe.

Abraços

Felipe disse...

Victor
Deus reage como quem mais nos ama, as mães.
Sem dúvida, temos muito a descobrir, mas a cada dia nos conheços um pouco mais.
Forte abraço!

Felipe disse...

Van
Muitas vezes o que nos falta é axatamente a confiança e a obrigação de fazer sem pedir retribuição.
Abraço!

Related Posts with Thumbnails