segunda-feira, 3 de outubro de 2011

A água e o perdão

Certo dia, numa batalha, uma flecha atravessou a armadura de um cavaleiro e por pouco não lhe tirou a sua vida.

Num relance, o cavaleiro vislumbra o paraíso, mas bem longe e, de qualquer maneira, fora de seu alcance.

Vislumbra também o inferno, bem próximo dele e prestes a engoli-lo, porque há muito tempo se esquecera de suas promessas de bravo cavaleiro, tornando-se um bruto impenitente que matava, pilhava, violava.

Tomado de temor salutar, tira a armadura, a espada e as manoplas de ferro e se dirige ao eremitério de um monge famoso por sua santidade.

- Meu pai, desejo ser perdoado pelas minhas faltas, pois temo pela minha salvação.

Farei a penitência que me indicares.

- Pois bem, meu filho, vai simplesmente encher de água este barrilzinho e traze-mo, responde o monge.

O cavaleiro se irrita com a proposta do eremita, mas o medo do inferno é mais forte, e ele põe o barril sob o braço e se dirige ao rio.

Estupefato, vê o barril mergulhado na corrente recusar-se a encher!

Se dirige a uma fonte que se precipita no curso d’água, mas o barril continua a não se encher.

Se precipita para o poço da aldeia, mas em vão.

Um ano depois, o velho monge vê chegar à porta de seu eremitério um pobre maltrapilho em farrapos, de pés ensangüentados e com um barril vazio debaixo do braço.

- Meu pai, diz o cavaleiro , fui a todos os rios, fontes e lagos do pais.

Não pude encher vosso barril.

Agora, com certeza, não me perdoareis os pecados.

Ai de mim! Estou perdido pelos meus pecados.

Como me arrependo deles!

E lágrimas lhe descem dos olhos.

Eis que uma lágrima cai no barril.

Num instante, este se enche até em cima, da mais bela água pura que a terra já viu.

Uma única lágrima de arrependimento

Angela Maria Crespo
ilustração: sedentario.org

4 comentários:

Mary Miranda disse...

Meu Canceriano Favorito, boa noite!

A água é redentora.
Não é à toa que os antigos árabes tanto a idolatrassem; a água sempre foi a pergunta e a resposta para tudo(na Bíblia encontram-se diversas passagens relacionadas à ela).
Água é vida, o princípio de tudo!
Sabemos, meu amigo, que os 6 dias de Deus para a formação do mundo, correspondem a 6 eras distintas, e a primeira forma de vida veio do líquido abençoado.
O homem foi a última etapa evolutiva da matéria no Planeta, por isso, essa ligação tão estreita (em 70% na formação do corpo) com o mineral precioso!
Matéria e espírito têm conformidade na água.
Entendemos a vida por ela, comparando com nossos atos.
Arrependimento deve ser lavado com esse líquido, e qual forma Deus permitiu que o expuséssemos materialmente? Através das lágrimas!
A água nos perdoa...
Mostra-se límpida e verdadeira, sempre no coração daqueles que buscam a evolução!

Já estou escrevendo demais! rsrsrs
Mas seus posts são convidativos à reflexão; adoro lê-los!!!!

Beijos, anjo meu!!!!
E o meu obrigada por mais essa bênção de texto!

Mary:)

Felipe disse...

Moça Bonita
O esclarecimento de Jesus dado a Nicodemus, face a sua dúvida de : como poder nascer um homem já velho? Poderá voltar ao ventre de sua mãe e nascer uma segunda vez?
A resposta separa distintamente o corpo físico do elemento espiritual, o que nasce da carne é carne, o que nasce do espírito é espírito.
Algumas correntes religiosas buscam sustentar que o nascer da água significa nascer de novo pela água do batismo. Entretanto, o sentido, na época, da palavra água é bem outro. Sabemos, como você bem colocou, que 2/3 ou 70% da Terra é composto de água, e que sem água não haveria vida material em nosso planeta. Assim o elemento água é a base para a manifestação da vida material, aí incluindo, é claro, nosso corpo físico.
E, sem dúvida, é a água que limpa muita vez através de lágrimas, como aquelas vertidas pelo cavaleiro, mas que foram capazes de encontrar o perdão.
Adorei o comentário ou melhor um post dentro do meu post.
Beijão minha presidenta.

João Octávio disse...

Olá Felipe, achei muito bonito esse post. Que legal, uma única gota de lágrima, penso que seja a que foi mais sincera, pois no início ele sentia medo e não arrependimento, e encheu o barril.

Um abraço

Felipe disse...

João Octavio
Na vida vale somente o que realmente sentimos de bom.
Grato pela visita e por comentar.

Related Posts with Thumbnails