sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Um lugar para se estar

Havia no alto de uma montanha, uma pequena cidade chamada Engano, e seus moradores tinham medo de descer de lá, pois seus ancestrais diziam que aquele que simplesmente olhasse para baixo nas extremidades do monte seria tragado por este e jamais voltaria. Assim todos mantinham distância.

Fatos interessantes aconteciam ali. Um deles é que não havia grades nas celas da prisão, o que tinha era um grande cartaz em frente de cada uma, escrito: "Você está preso". Assim os encarcerados se mantinham presos. Mas isso acontecia não porque eram obedientes e educados, mas porque pensavam que realmente estavam presos.

O líder daquele povoado era o Sr. Não Pense Muito, e seu lema era: "Não pense, eu penso por você".
Todos o tratavam como um deus, pois ele havia vindo do abismo da montanha. As pessoas ali falavam com ele, e faziam somente o que ele ordenava. Ele era a mente delas, ele as manipulava.

Os habitantes de Engano não sabiam fazer nada por si mesmos, eram tristes, mas sempre convencidos que estavam felizes. Eram verdadeiros robôs. O Sr. Não Pense Muito dizia-lhes tudo o que fazer, e isso era com todo o povo, sendo que seus antepassados havia-os ensinado a viver daquela maneira. O Sr. Não Pense Muito se aproveitava da situação.
Todos com seus medos, não entendiam que na verdade não haviam deixado de pensar, mas pensavam que tudo dito a eles era o verdadeiro.

Certo dia, um homem já velho, triste com sua vida, resolveu, por si mesmo, ir até a extremidade da montanha. Queria saber o que tinha ali, afinal não tinha o que perder. Chegou-se e com medo fechou os olhos. Lentamente os abriu e, num instante contemplou um lindo cenário, o qual jamais tinha visto: viu florestas, rios, casas e pessoas. Afinal, o que era aquilo? Seria um delírio por sua velhice? Achegou-se para trás, deu um frágil sorriso, se sentou e começou a pensar em tudo o lhe havia sido dito. Então percebeu que sentia algo que antes nunca houvera sentido. Ele estava confuso. Porém, sentiu algo novo crescendo a cada instante mais: seu entendimento.

Agora pela primeira vez em toda sua vida pensou por si próprio. Permaneceu naquele lugar por mais dois dias e nesse tempo imaginou como seria bom se todos os demais soubessem a verdade.

Decorrido o tempo ali, pensava em como levar ao conhecimento dos demais sua descoberta. Então voltou à cidade, juntou várias crianças consigo e as levou até o local lhes mostrando o que vira antes. As crianças ficaram muito alegres. Todos voltaram até à cidade - Engano. O velho homem foi até a praça e gritou bem alto, ainda que sua voz fosse fraca: "Existem outros lugares além de Engano, e eu o chamei Entendimento.

Além da extremidade da montanha existe algo melhor, é só vir e comprovar. Não precisam acreditar em mim, apenas venham e vejam".
Infelizmente, ninguém lhe atendeu. O Sr. Não Pense Muito mandou prendê-lo, mas ele não permaneceu, afinal cadeia sem grades não pode prender ninguém, pelo menos alguém que pense não ficaria lá.

O ancião resolveu descer a montanha e viver naquele lugar que chamara Entendimento e nunca mais foi visto pelos habitantes de Engano. Mas algo aconteceu: aquelas crianças que haviam visto a verdade e cresceram com ela revolucionaram aquela cidade e lhe deram um novo nome: Sabedoria.

Tinham um novo líder, um daqueles que vira o Entendimento. Seu nome era Mestre e seu lema era: "Aprenda comigo, pense consigo, e chegue a uma conclusão".
Desconheço o autor
foto: BBC-Brasil


3 comentários:

Felipe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sissym disse...

Que lição maravilhosa.
Quantas pessoas crescem sem poder pensar.
Adultos tem mania de impor autoridade e de não ouvirem as opinioes dos pequeninos,
estes, amendrotados, vão perdendo suas personalidades.
É um desafio dizer não e superar seus medos.
Há sabedoria naqueles que compreendem que a vida em mais possibilidades para todos.

beijos

Felipe disse...

Molequinha
Nem todos sabem dizer NÃO.
Há momentos na vida em que apesar dos pesares é conveniente não dizer NÃO e nós não podemos julgar o "por quê?".
O regime ditatorial imposto por alguns familiares vai lhes custar caro mais tarde.
Beijão

Related Posts with Thumbnails