domingo, 30 de janeiro de 2011

Mais uma vez... Obrigado!

Uma família inglesa viajava para a Escócia nas férias de verão. A mãe e o pai ansiavam  por se divertir com o filho pequeno nas belas paisagens escocesas.


Um dia o menino saiu andando pelos bosques sozinho e chegou a um açude. 

Como qualquer garoto da sua idade tirou a roupa e mergulhou. Mas estava totalmente despreparado para o que aconteceu a seguir...Antes que pudesse usufruir as delícias da água, foi tomado por uma violenta cãibra.

Lutando para manter-se na superfície, gritou por socorro. A luta pela vida estava quase perdida, quando de repente, um menino de uma fazenda próxima, ouviu os gritos desesperados e correu para salvar o Inglês.

O pai do quase afogado ficou muito grato, é claro, e quis conhecer o salvador do filho. No dia seguinte se encontraram e o Inglês perguntou ao corajoso rapazinho quais eram seus planos para o futuro.

O garoto respondeu: - Acho que vou ser fazendeiro como meu pai.

O pai agradecido fez outra pergunta: - E você gostaria de ser alguma outra coisa?

- Ah! Sim. Eu sempre quis ser médico, mas somos pobres e minha família não pode pagar pelos estudos, respondeu o menino.

- Muito bem, disse o Inglês. Você pode seguir seu desejo e estudar medicina.
Tome todas as providências e eu arco com as despesas.

Assim o garoto escocês veio a ser médico.

Anos depois, em dezembro de 1943, Winston Churchill, ficou gravemente doente, com pneumonia, no norte da África. Avisaram Alexander Fleming, que havia descoberto uma droga miraculosa, chamada penicilina.

Dr. Fleming imediatamente embarcou em um avião para África levando o remédio para o Primeiro Ministro e salvou pela segunda vez a sua vida. Pois era Winston Churchill o menino Inglês que Alexander Fleming tinha socorrido muitos anos antes.

Texto: Momento Espírita
Ilustração: wikipédia

7 comentários:

Sissym disse...

Isso é incrivel! Que historia fantastica! E comprova que o mundo dá voltas... precisamos sempre tentar fazer o melhor, ser bons, porque nunca sabemos o dia de amanhã!

Bjs

Vivendo pela Palavra de Deus!!! disse...

Não conhecia essa historia muito linda, obrigada por partilhar!!Uma boa noite

Felipe disse...

Sissym
E nessas voltas que o mundo dá quantas oportunidades se apresentam para o bem ou para o mal.
Beijão

-*Vera Luz*- disse...

Olá Felipe!

São histórias como estas que mantém viva nossa fé em direção ao bem e a vida que pulsa e flui em cada um de nós! Tudo está envoltos na sintonia a qual nos propomos!

Um abraço,
"Todo o Conhecimento é Luz que Inspira a Alma" -*Vera Luz*-

Mikasmi disse...

Há coisas incríveis.
A vida é uma caixinha de surpresas.

Abs

LISON COSTA disse...

Que Post Fantástico!
Amigo Felipe:
A história é absolutamente linda!
Coincidência não se sabe, acaso, inexiste. São coisas que não se deve ensaiar para descobrir. Eu acho.
Parabéns por mais um magnífico Post!
Abraços fraternos,
LISON.

Lucas Neves disse...

Muito legal mesmo!
Eles se ajudaram, mutuamente. E o pai de Winston Churchill também teve sua parcela de ajuda e bondade.
Uma inspiração e tanta para sempre praticarmos o bem!

Forte abraço, Felipe. Estou seguindo o seu blog!

Related Posts with Thumbnails