terça-feira, 2 de junho de 2009

A Fábrica de Problemas


Há gente que adora criar confusão. Na vida dessas pessoas, a Fábrica de Problemas funciona sem parar. Todos os dias chegam os caminhões para descarregar a matéria-prima: mau humor, irritação, impaciência, intolerância, implicância, provocação.

Não basta enfrentar os problemas inevitáveis? Será que é necessário “botar lenha na fogueira” ou “cutucar onça com vara curta”? De onde vem essa certeza de que “quanto pior melhor”?

Parece incrível, mas tem gente que se aproveita disso! E não é só essa de “quanto pior para os outros melhor para mim”. Também existe o “quanto pior para mim melhor estarei”. Melhor como? “Protegida de um mal ainda maior”, diz a pessoa que trabalha na Fábrica de Problemas. De que jeito?

Assim: lá no fundo a pessoa se convenceu (sabe-se lá como) de que algo terrível e catastrófico vai acontecer se ficar de bem com a vida. Às vezes, isso surge do medo da inveja e do mau olhado. Ficar “numa boa” é um perigo. Então, a Fábrica de Problemas passa a funcionar a todo o vapor: a pessoa se estressa, vive apertada com mil afazeres, sai de uma briga e entra em outra. Vive com o intestino preso, a boca amarga, acidez no estômago, fígado destrambelhado, mas, mesmo assim, fuma um cigarro atrás do outro, bebe café o dia inteiro e se alimenta mal. Resultado: maus tratos e problemas que não acabam mais.

Para que a Fábrica de Problemas passe a ser uma Fábrica de Soluções, só há uma saída: acreditar que é possível se proteger de forma não destrutiva e que, para neutralizar a inveja, não é preciso fazer mal a si mesmo nem aos outros. Assim, o circuito negativo que faz mal a tanta gente começa a ser revertido.

Maria Tereza Maldonado
Histórias da Vida Inteira
foto: internet

5 comentários:

PROJETO NOVO IMPULSO disse...

Amado Felipe, bom estar por aqui.
Confiar em Deus é colocar os nossos problemas em Suas mãos e fazer a Sua vontade, ainda que não entendamos as respostas d'Ele, naquele momento.
A paz

Junior Silva disse...

Olá

Decerto, resolver problemas com mais problemas não é a melhor saída. E confesso que não entendo esse sentimento de tentar se blindar deles desse jeito.
Penso que levantar a cabeça e enfrentá-los de uma maneira inteligente e coerente seja a melhor solução, mesmo que seja algo difícil de assumir e aceitar.

Abraços.

EAD/JOYCE disse...

Muito bons seus conselhos, mas não são muito fáceis de seguir. bjs

Felipe disse...

Joyce.

Primeiro. Não são meus e sim de Maria Teresa Maldonado.
Segundo. Se fossem fáceis de colocar em prática, o mundo seria um mar de rosas.
Abraços

joao Assis disse...

Felipe,

Infelizmente essa fábrica existe e é um complexo bem amplo de produção,que conta com a anu~encia principal da grande mídia,é certo tambem que o povo quer comprar,mas quer porque foi ensinado assim,isso leva á uma ampla reflexão,será que se o caminho inverso tivesse sido tomado,não viveríamos em um mundo melhor??

Um grande abraço e parabéns pela bela postagem.

Related Posts with Thumbnails